domingo, 4 de setembro de 2016

Entronização da Palavra de Deus


Entronização da Palavra de Deus
1º momento – Preparação de todo o ambiente. 

Quando existirem mais de um grupo deve existir dois ambientes: Um local de oração onde todos se reúnem e um local de estudo individual para cada grupo.

Deve ser preparado um Altar adequado para ser entronizado a Palavra de Deus no local de oração. A mesa da Palavra deve ficar ao lado do trono. Use da criatividade para preparar o local onde a Bíblia vai ficar durante todo o Mês. Da mesma forma deve haver um lugar PREparado para a Palavra no local de estudo. Sempre que for ler uma passagem bíblica, todos ficam de pé e o leitor se dirigirá até o local da Palavra.

Cada turma deve ter representantes para levar a palavra até o local de estudo: Uma pessoa com a Bíblia, duas com velas (uma de cada lado) e uma outra com flores bem à frente. Ambos formarão um corredor onde passará a Bíblia principal que será entronizada no local de oração.

Para comunidades que tem muitas turmas, as crianças devem ficar juntas por turma, sempre com um catequista (para facilitar a saída). Todos ficam voltados para o corredor com as mãos postas e o Evangelho erguido para onde a Bíblia passará. É interessante que as crianças façam os gestos que a música propõe.





2º momento – Recebendo A Palavra de Deus

Tudo preparado, todos cantam o cântico a seguir enquanto a procissão segue lentamente até o local preparado.


1- Quero levar esta Bíblia, ir cantando em procissão,
Ir feliz como quem leva a luz do céu em suas mãos.

Ergo bem alto esta Bíblia,
ei-la entre nós e o Bom Deus!
É benção que a terra desce,
é prece que sobe aos céus!

2- Quero beijar esta Bíblia como beijo sempre sim,
Mão do Pai que me abençoa e mãe sorrindo para mim.

3- Quero deixar este Livro qual um coração no altar:
Coração de Deus aberto ansioso por Se revelar. ref..



Quando chegar ao local, um catequista recebe a Bíblia, beija-a solenemente e ergue-a bem alto apresentando a todos dizendo:

―Esta é a palavra da nossa salvação!

Todos repetem. O Catequista repete mais alto e vai incentivando todos a repetirem até estarem gritando.
Em seguida a Bíblia é colocada na mesa da palavra para as leituras. Todos se ajoelham e dizem 3 vezes.

"Estou diante da tua palavra senhor; fala que teu servo te escuta"! 


3º momento – Falando com Deus 

Agora de Joelhos todos rezam:
Oração: Senhor te pedimos perdão pelas nossas ofensas, pois temos ofendido ao senhor, por pensamentos palavras e obras, e queremos limpar o nosso coração para nos colocar diante da Tua Palavra, porque a pureza do coração e a humildade são características fundamentais para a escuta e compreensão da mensagem divina. Nos colocamos na tua presença e rezamos um Pai Nosso tentando olhar para cada um de nós como o Senhor nos olha. Pai Nosso... Pedimos ao Pai o dom do Espírito Santo porque a Bíblia é um livro inspirado por Deus e, portanto, deve ser lido e interpretado com a ajuda do Espírito Santo. Dá-nos senhor, o dom do entendimento. Amém.

1ª Leitura - 2 Tm 3, 16-17.
Salmo 119
Evangelho da Liturgia dominical - Lc 14,25-33





Oração após a proclamação:
“Deus nosso Pai, como bom empreendedor Tu construíste pacientemente a nova torre que nos liga a Ti e une o céu e a terra. Colocaste as fundações e pelo teu Espírito acabas em nós a obra começada. Nós Te pedimos por todos nós, teu povo, que chamas a seguir-Te. Confiamos-Te todos aqueles que levam cruzes pesadas”.

Reflexão: Jesus faz 3 exigências para quem quer ser seu discípulo. Estas exigências estão subordinadas ao tema da renúncia.
A primeira exigência é saber escolher entre Jesus e a família (vers. 26). Ou seja: Se você tiver que escolher entre Jesus e sua Família não hesite: O Reino de Deus deve sempre vir em primeiro lugar. Não significa que você irá desistir de sua família mas, jamais se afastará de Jesus.
A segunda exige que você renuncie as propostas do mundo para colocar a sua vida ao serviço de Deus (vers. 27). O discípulo de Jesus não pode viver a fazer opções egoístas, colocando em primeiro lugar os seus interesses, os seus esquemas; mas, fazer da sua vida um dom de amor aos irmãos, se necessário até à morte. Foi esse o caminho de Jesus; e o discípulo é convidado a imitar o mestre.
A terceira exige a renúncia aos bens (vers. 33). Jesus sabe que os bens podem facilmente transformar-se em deuses, tornando-se uma prioridade, escravizando o homem e levando-o a viver em função deles; assim sendo, que espaço fica para o “Reino”? Por outro lado, dar prioridade aos bens significa viver de forma egoísta, esquecendo as necessidades dos irmãos; como você pode viver tranquilo sabendo que ao seu lado tem alguém passando fome?… Pode, então, viver-se no “Reino” sem renunciar aos bens?

4º momento – Cantando com A Palavra de Deus 


Após a entronização da Palavra de Deus no local de oração os catequistas seguem em procissão juntos com os catequizandos, em fila ordenada: Primeiro as flores, depois as crianças da turma, os catequistas e em seguida as duas velas e a Bíblia. Assim turma por turma se dirige para suas salas. Na porta as crianças param e formam uma fila indiana para a Bíblia passar no meio e entrar primeiro na sala.

Cântico: Santo livro, Santo livro, louvado seja Deus por seus autores, louvado seja Deus por seus leitores, Santo livro, Santo livro, Santo livro que me ensina a contemplar. Santo livro, Santo livro, Santo livro que me ensina a caminhar.

Na sala os catequistas devem trabalhar a importância e o valor da Palavra de Deus em nossa vida a partir das leituras e do Salmo.

Na leitura está claro que a Palavra de Deus é para repreender, corrigir e ensinar tudo o que o Homem de Deus deve saber.

No Evangelho, a reflexão acima é um bom ponto de partida.


No Salmo, antecipadamente leia e marque alguns versículos para você trabalhar com as crianças. Faça faixas, cartazes para serem expostos na igreja. Estas faixas ou cartazes devem ser bem bonitas para entrarem em procissão junto com a palavra. Os Catequistas podem se reunir e escolher quem irá fazer qual faixa, talvez umas 3 faixas por semana.
Coloque as faixas em local de destaque e medite sobre elas todas as semanas durante o mês da Bíblia.

  Oração para antes e depois de ler a Bíblia

Antes - Jesus Mestre, envia teu Santo Espírito para que eu compreenda e acolha Tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame e te faça amar, te sirva e te faça servir, te louve e faça louvar por todas as criaturas. Faze, ó Pai, que pela leitura da Palavra, os pecadores se convertam, os justos perseverem na graça e todos consigamos a vida eterna. Amém!

(Para quem faz leitura Bíblica semanalmente é indicado que seja a da Liturgia dominical.)

Depois - Jesus Mestre, vós dissestes que a vida eterna consiste em conhecer a Vós e ao Pai. Derramai sobre mim a abundância do Espírito Santo! Que Ele me ilumine, guie e fortaleça no meu seguimento, porque sois o único caminho para o Pai. Fazei-me crescer no vosso amor, para que seja, como o apóstolo Paulo, testemunha viva do Vosso Evangelho. Com Maria, mãe, mestra e rainha dos apóstolos, que eu guarde Vossa Palavra, meditando-a em meu coração. Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida, tende piedade de mim. Amém.